Menu Horizontal

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Que mãe é essa ?


Antes de falar dessa mãe que conheci no hospital, quero agradecer aos amigos pela força e pela fé depositada. O pensamento positivo sempre vence nessas horas !!!

Estive por esses dias acompanhando uma pessoa no hospital que sofreu um AVC.
Aproveito para agradecer para todos os amigos que depositaram alguma solidariedade ou mesmo desejaram uma boa recuperação.
A cirurgia dele foi um sucesso e agora ele está em recuperação.

Não seria nada agradável, fotografar ele em tais circunstâncias para postar aqui no blog, então, nada registrei ...

Depois do susto, agora ele está melhor !

Voltando ao episódio do hospital, tive que retornar ao hospital para levar o sabonete e a escova de dente para ele fazer a sua higiene diária, pois o hospital não fornece esses ítens.

No primeiro dia de internação no pós-cirurgia, meu tio ficou internado num quarto sózinho que havia 3 leitos. No segundo dia, apareceu outro paciente para ficar internado no mesmo quarto. Era um rapaz de 18 anos que sofreu uma pancada na cabeça devido a um acidente em via pública. Segundo a história do rapaz, ele se encontrava na condição de ciclista e para evitar o choque com um carro que circulava erradamente na via de ciclismo, ele se jogou pra calçada e teve colisão com um poste. O motorista que devia estar alcoolizado fugiu do local e não prestou assistência ao rapaz que foi socorrido por conhecidos no bairro de Moema.

Assim que o jovem contou a sua história, aproveitei e avisei ele para pedir para quem fosse visitá-lo no hospital que levasse um sabonete e uma escova de dente para ele usar, pois o hospital não fornecia isso para os pacientes. Ele me contou que sua mãe já estava indo para lá e que ele iria pedir para ela trazer na próxima visita do dia seguinte.

Eis que naquele momento surge uma mulher, a mãe do jovem rapaz.
Que mulher é essa ? Pensei ... Logo após ela nos cumprimentar e dizer ao filho: 

- Eu trouxe toalha, escova e pasta de dente, pente, sabonete, shampoo, cuecas, uma bermuda e duas camisetas para você poder se trocar !

Concluindo os meus pensamentos, isso sim é amor de mãe. Prevenida e sempre prestativa. Senti saudades da época em que eu era jovem e minha mãe também me prestava toda assistência possível. Até hoje é assim: mãe é mãe !!! É prá vida toda !!!
Só tenho que agradecer ...


Texto de Marco A Okuma para o Blog de MAOSECRETS
maosecrets2012@gmail.com




Postar um comentário

Deixe o seu comentário aqui ! A sua opinião é muito importante para nós !
Mas lembre-se: Gentileza gera gentileza !
Serão excluídos sem aviso prévio as ofensas e os comentários que contrariem as leis e a boa moral.